30/04/2009

A ressurreição do Death


Olá! Obrigado pelo interesse, mas o FACTOR ZERO está em novo endereço: 

https://factorzeroblog.wordpress.com

Hi! Thanx for your interest, but we've changed our address. Please visit us at 




https://factorzeroblog.wordpress.com/


7 comentários:

  1. Isso é uma pérola. Das poucas bandas punks de afrodescendentes que eu escutei; todas me soam a perfeição. Vide Pure hell e Bad brains.

    Abraço

    ResponderExcluir
  2. The Hairy Hands4/30/2009

    Keep on Knocking é excepcional. O resto, bem, é o resto.

    ResponderExcluir
  3. Z, o Death sempre surpreende quando se descobre o ano em que foi gravado. Estavam à frente de seu tempo.
    Hairy, eu tinha certeza que vc torceria o nariz para esse som... mas, como disse, tem que levar em consideração o contexto.
    Saudações anárquicas!

    ResponderExcluir
  4. PUNKROCKER5/02/2009

    Realmente exelente post.DEATH realmente e uma banda obscura ate mesmo aos amantes do punk rock killed by death.
    Mas se o assunto e bom rock and roll com atitude,nao deixem de ouvir THE EQUALS e vale mencionar que "police on my back" imortalizado pelos Clash,na verdade e uma cancao dos EQuals..

    ResponderExcluir
  5. PR, não conheço muito o The Equals - acho que ouvi um som deles numa coletânea, que, se não me engano chamava-se Beat of the 60's. Não me chamou muito atenção na época, mas vou dar uma "campiada" e conferir o restante do trabalho deles....
    Saudações anárquicas, camarada!

    ResponderExcluir
  6. Esse Death é muito bom, realmente uma pena eles não terem tido seu merecido sucesso na época.

    Vale lembrar que anos depois, surgiria uma banda de Metal com o mesmo nome, Death, considerada por muitos os percurssores do Death Metal, e que ficaram muito mais famosos que este Death.

    ResponderExcluir
  7. Certamente o Death é uma das maiores injustiças da história do rock. Ah, depois da ressurreição do Death de Detroit tornou-se comum confusões entre as duas bandas.
    Saudações anárquicas!

    ResponderExcluir