06/02/2009

Os roqueiros mais punks de Manchester



Olá! Obrigado pelo interesse, mas o FACTOR ZERO está em novo endereço: 

https://factorzeroblog.wordpress.com

Hi! Thanx for your interest, but we've changed our address. Please visit us at 




https://factorzeroblog.wordpress.com/

11 comentários:

  1. Valeu pelo post! Do It Dog Style é um dos meus discos preferidos.
    O Bite back também é bem legal...

    Abraço

    Z

    ResponderExcluir
  2. Valeu o comentário Z. Continue visitando o FZ, tem muita coisa boa ainda pra ser colocada aqui.
    Saudações anárquicas!

    ResponderExcluir
  3. The Hairy Hands2/08/2009

    Há muitos anos atrás, comprei, sem escutar, um CD com o Rabid Dogs e o Live at the Factory. Conhecia a banda de nome, mas nunca tinha escutado. Quando ouvi, achei uma puta bosta. Um Steppenwolf metido a punk. Acho que depois disso, nunca mais toquei no CD e bani a banda do minha mente. Depois do seu post, que achei muito engraçado porque notei que não fui o único que deu uma esgasgada com o som da banda, resolvi dar uma segunda chance e escutar de novo.
    Mas não teve jeito, com exceção de poucas músicas, continuo achando uma bosta. Nessa linha, prefiro muito mais o Eddie and the Hot Rods ou até mesmo o glam do Slade.

    ResponderExcluir
  4. The Hairy Hands2/08/2009

    Em tempo: Twist and Turn é boa mesmo, lembra um pouco o Damned do começo.

    ResponderExcluir
  5. Hairy, acho que vc começou pelo dsco errado.... Vc já ouviu o Do It Dog Style? Mas tudo bem, gosto é gosto e o som qdo. "não desce", não desce, não é mesmo? Vamos ver se no próximo post agrado mais!
    Mas, pra mim, Slaughter é uma das grandes bandas do punk 76/77.
    Abcs.

    ResponderExcluir
  6. The Hairy Hands2/08/2009

    Quê isso, Strongos, liga não!! Assim como não gosto de Slaughter e algumas outras bandas "punk" (é difícil, senão impossível, delimitar o que é punk e o que não é) deve ter umas trocentas bandas que eu gosto e você deve odiar.
    É que qualquer banda que me lembre, mesmo que remotamente, Doors, Deep Purple ou Steppenwolf me dá calafrios. Deve ser por isso que não gosto de Stranglers e Misfits também (que parecem Doors).

    Se aceitar uma sugestão para um post futuro, aí vai uma: G.G. Allin.

    Saudações anarquistas!!

    ResponderExcluir
  7. Fique tranquilo Hairy, não sou a favor da "democracia", mas sou "democrático". Como eu disse, cada um tem um gosto. Certamente tem muito mais bandas que eu curto que vc e um monte de gente não gostam e vice-versa.
    Em tempo, gosto da primeira fase do Stranglers (até o No More Heroes), mas Misfits acho chato pra caraio. GG Allin tem coisas legais e outras nem tanto (acho que ele forçava um pouco na história de querer ser o sujeito mais punk do mundo), mas era um cara "legal".
    Saudações friend...

    ResponderExcluir
  8. The Hairy Hands2/09/2009

    Lembrei do GG Allin quando li sobre a morte do Lux Interior. Tava pensando sobre quem já tinha subido no telhado e ele me veio à cabeça. Também acho forçação essa história de querer ser o maior punk do mundo (meio da linha do Ozzy Orbourne querer ser o maior anticristo do mundo e dar uma mordida num morcego em pleno palco, hehe). Mas eu gosto do som básico mas bem tocado/bem gravado dele. Enfim, uma sugestão apenas, até porque eu acho que ele é bem desconhecido pelas gerações mais novas.

    Mudando de assunto e sem querer me intrometer demais: você trabalha (em termos de atividade profissional mesmo) com produção de textos?

    ResponderExcluir
  9. Acertou Hairy, eu sou jornalista e tenho mestrado em Comunicação, o que não quer dizer porra nenhuma, mas como vc perguntou...
    Já trabalhei em jornal diário e atualmente trabalho em uma editora de revistas. Sou da área de esportes, mas estou tocando um projeto de turismo. Gosto muito d escrever, quem sabe um dia aprendo....
    Falei?

    ResponderExcluir
  10. The Hairy Hands2/10/2009

    Perguntei isso porque tem me chamado a atenção a qualidade dos seus textos, o que é algo bastante incomum em blogs não-profissionais, ainda mais sobre punk rock.
    Também gosto muito de escrever, mais até pela forma do que pelo conteúdo. Talvez uma influência do Machado de Assis, que fazia um argumento de uma página caber num livro de 200.

    ResponderExcluir
  11. Valeu mesmo Hairy, é sempre bom receber um elogio, ainda mais sabendo que é espontâneo. O ego agradece....
    Abcos

    ResponderExcluir