12/09/2009

FACTOR ZERO ZERO

Enfim faço a postagem que mais esperei desde que criei este blog. Graças a uma grande força do meu amigo George do sensacional blog Haverá Som de Fita, apresento o Factor Zero número zero, o primeiro fanzine punk feito no Brasil. É tosco? Sim, muito. É ingênuo? Certamente. Mal escrito? Propositalmente. Mas foi feito com muito idealismo, com a vontade de gritar: PORRA, ESTAMOS AQUI E TEMOS MUITO A DIZER!
Antes que se faça qualquer juízo, quero esclarecer algumas coisas:
- trata-se de uma cópia (os originais foram perdidos), foi feito em 1980, portanto, é um xerox guardado por 29 anos! Assim, a qualidade que já não era lá essas coisas pode dificultar a leitura de algumas partes, especialmente da história em quadrinhos;
- quando fiz esse exemplar eu sequer conhecia a palavra fanzine, apenas queria fazer um "jornalzinho" para mostrar que havia punk em SP;
- a história em quadrinhos foi tirada da revista MAD e é uma sátira sobre o punk. Na época mesmo teve gente que não entendeu por que a coloquei, já que "detratava o movimento". Não acho, é só humor;
- minha opinião sobre o Cólera mudou bastante (ainda os acho bonzinhos demais, corretos demais, porém, reconheço que peguei pesado com eles, injustamente). Um erro, mas era o que eu pensava.
Espero que se divirtam com a leitura, comentem e aguardem os próximos números, pois estou restaurando no Photoshop. No blog do George vocês encontrarão as cópias dos três Factor Zero em PDF. Aqui, vou postar em JPG já restaurado, ok?
Links: Blog Haverá Som de Fita (PDFs)
Para baixar o número zero em JPG restaurado clique aqui

Capa

Página 2

Página 3

Página 4

Página 5

Página 6

Página 7

Página 8

Página 9

Página 10

Página 11

Página 12

Página 13

Página 14

Página 15


4 comentários:

  1. Caralho!
    Um troço tosco, mal feito, mas mesmo assim muito foda, enfim, punk!

    abraços.

    ResponderExcluir
  2. The Hairy Hands9/15/2009

    Legal Strongos, dei boas risadas. Toscão, coisa de guri, mesmo. Deu saudade da época em que ainda éramos ingênuos. Um abraço.

    ResponderExcluir
  3. vou procurar o original...... da hora parece com fanzinex....... viva aresistencia do papel..... reciclado se possivel xines excxcomungados

    ResponderExcluir