29/04/2008

NO INÍCIO ERA ASSIM...

Factor Zero foi o primeiro fanzine punk do Brasil. A história de seu surgimento é até engraçada. O ano era 1981 e o punk começara a entrar em ebulição na cidade de São Paulo. A Punk Rock Discos, uma loja nas Grandes Galerias, no centro de São Paulo - hoje conhecida como "Galeria do Rock" - era o ponto de encontro dos punks e eu, um dos muitos frequentadores. Como na época trabalhava de "xeroquista", pensei em fazer um "jornalzinho" que falasse sobre as bandas e também funcionasse como meio de discussão do que estava acontecendo ali e na periferia. Na verdade, ninguém conhecia o termo "fanzine". Perguntei ao Fábio, dono da loja e futuro vocalista do Olho Seco, se ele me dava uma força com o "jornalzinho" e ele concordou não só em vender mas aceitou pagar por uma anúncio. Tudo bem dentro da filosofia DIY (do it yourself, ou faça você mesmo).
Infelizmente não guardei nem os originais e nem sequer uma cópia. Para piorar, muito de meus neurônios já se foram. Assim, da primeira edição, ou número zero, me lembro que tinha uma entrevista com o Índio, vocalista dos Condutores de Cadáver. Tinha também matéria com o Cólera e uma história em quadrinhos sobre a tour dos Sex Pistols aos EUA, publicada pela revista Mad, que eu recortei os diálogos e os refiz, aproveitando apenas os desenhos - ficou bem engraçado. Na capa, me lembro que fiz uma montagem de um desenho dos quatro cavaleiros do apocalipse, com rostos famosos e políticos da época. De resto, não me lembro mesmo....
Bom, mas o sucesso foi surpreendente. Fiz 20 exemplares de teste, vendidos em um único dia! Depois fiz mais alguns, não me lembro quantos, mas as vendas também foram muito boas.
O número 1 saiu logo na sequência e mais elaborado, com matérias sobre várias bandas, a maioria estrangeiras, e até um editorial, que acabou sendo reproduzido por um jornal cultural da época, se não me engano chamado "Leia" ou "Leitura". A capa deste número 1 era simples: tinha o símbolo da Anarquia feito a mão. Desta edição me lembro que fiz uma primeira tiragem de 50 exemplares, esgotada rapidamente.
O terceiro e último Factor Zero é um dos muitos mistérios que minha mente, à época bastante entorpecida por quantidades inacreditáveis de álcool e otras cositas más, teima em esconder de mim. Me lembro apenas que foi o mais completo dos três e o que mais vendeu e me deu dinheiro com anúncios. O problema foi a grana, já que eu gastei tudo com bebedeira, discos e fitas cassetes e fiquei duro para continuar com a coisa. Além disso, àquela altura já circulavam outros fanzines que cumpriam o papel inicialmente proposto pelo Factor Zero, que era disseminar o estilo punk. Então dei a aventura por encerrada.
Se alguém que ler este Blog tiver uma cópia de qualquer edição, por favor, entre em contato comigo...
Fiquem à vontade para comentar...

6 comentários:

  1. Strongos,

    Eu vou lhe arrumar cópias das edições do Factor Zero.

    Entro em contato em breve.

    Abraços,
    Favela.

    ResponderExcluir
  2. CARA! SERIA O MAIOR FAVOR DO MUNDO! NÃO ME PERDÔO POR NÃO TER GUARDADO OS ORIGINAIS E SEQUER UMA CÓPIA. VEJA O QUE VC PRECISA PRA FAZER ISSO!
    SAUDAÇÕES,
    STRONGOS

    ResponderExcluir
  3. Pierre-RJ11/01/2008

    Este é um excelente blog punk!!!!!!!!!!! Ótimas bandas de uma fantástica era!!!!!!! Gostaria de ler estas edições de seu zine!!!!!!! Por favor, disponha em seu blog!!!!!!!!
    Como ex-fanzineiro em minha cidade (Rio de Janeiro), ainda guardo meus originais. Mas, aqui, anseio em ler seu zine!!!!!!!!!

    Saudações!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  4. Pois é Pierre, como eu disse, não tenho mais os originais (não me lembro onde foram parar) e nenhuma cópia sequer... Na verade, achava que nunca mais alguém iria se interessar por isso e como era loucaço não quis nem saber... Mas o Moreno do Lixomania disse que te e vai me mandar (moro em Bauru-SP). Assim que tiver em mão vou colocar os PDFs no blog, ok?
    Saudações Anárquicas!

    ResponderExcluir
  5. Putz!! Só agora decosbri este fantásticos blog.
    Hey STRONGOS, devo dizer-te que sua dedicação a este site e a riqueza de infos. são admiraveis.
    Espero também que você fale sobre a cena punk brazuca dos 80's (bandas, zines, etc.). Sei que existiam várias dificuldades, mas existiram várias pessoas dedicadas de coração a fazer algo produtivo / positivo.

    E também estou ansioso para ver os PDFs dos zines originais.

    Parabéns e vida longa ao Factor Zero

    ResponderExcluir
  6. Marcelo, obrigado pela visita e pelos comentários.... Sobre o punk brasileiro tem algumas coisas já pstadas como Restos de Nada, Condutores, Lixomania e Cólera, além do Anarcoólatras. Aos poucos vou construindo o blog. Com certeza, logo vem mais punk nacional. Vida longa a todos nós!
    Saudações anárquicas!

    ResponderExcluir